Blog

Back to Blog

FOTOS DE PACIENTES: SAIBA COMO PROCEDER

A internet e as redes sociais se tornaram importantes ferramentas na divulgação de serviços, incluindo os oferecidos por médicos e dentistas.

Nesse cenário, as imagens ganham destaque, já que mostram os resultados obtidos com os tratamentos. Entretanto, divulgar fotos de pacientes é um assunto delicado e precisa ser tratado com cuidado para evitar problemas.

A posição dos conselhos


A primeira coisa que o profissional da saúde precisa estar atento, é que o Conselho Federal de Medicina e o Conselho Federal de Odontologia têm resoluções diferentes a respeito da divulgação das fotos de pacientes.

Entretanto, os dois órgãos de classe determinam que as imagens dos pacientes não podem ser utilizadas para fins publicitários e comerciais. Ainda de acordo com eles, as fotos de pacientes e procedimentos podem ser usadas para fins educacionais e acadêmicos, desde que se tenha autorização expressa do paciente ou do seu responsável legal.

Conselho Federal de Odontologia


A Resolução 196/2019 do Conselho Federal de Odontologia dita a norma para a publicação das fotos de pacientes pelos profissionais registrados.

De acordo com ela, é permitido ao cirurgião dentista postar selfies e imagens de seus pacientes, como as fotos de antes e depois. Entretanto, existem algumas limitações:

– As imagens somente podem ser publicadas nas redes sociais pessoais do profissional. Sendo assim, é expressamente proibida a divulgação de fotos de pacientes por pessoas jurídicas.
– É necessária a autorização do paciente através da assinatura de um Termo de Consentimento Livre e Esclarecido.
– As imagens não podem ser acompanhadas de textos ou áudios que se caracterizem como autopromoção, concorrência desleal, promessas de resultados e mercantilização da odontologia.
– Também é proibida a publicação de imagens que identifiquem especificamente materiais, instrumentos e equipamentos; fotos com tecidos biológicos (sangue e dente) e partes do corpo; imagens ou vídeos com o passo a passo de procedimentos.

Conselho Federal de Medicina


O Conselho Federal de Medicina proíbe aos médicos a divulgação em qualquer meio de comunicação de fotos de pacientes. O artigo 75 do Código de Ética Médica afirma que os profissionais estão impedidos de utilizar as imagens de procedimentos e pacientes em anúncios ou qualquer categoria de divulgação de assuntos médicos, mesmo com a autorização do paciente.

Além disso, a Resolução 1974/2011 proíbe médicos de usar fotos de pacientes para divulgar técnicas, métodos de tratamento e o resultado obtido como forma de propaganda médica.

Exceções do Conselho Federal de Medicina


O Conselho entende que as imagens são ferramentas importantes para auxiliar os estudos e as atividades acadêmicas. Por isso, permite que as imagens de pacientes sejam utilizadas no ambiente acadêmico, como forma de ilustrar apresentações em eventos científicos.

Entretanto, o médico precisa da autorização expressa e escrita do paciente para exibir partes do seu corpo. Além disso, ele deve tomar todos os cuidados para impedir a identificação do paciente. Por exemplo, cobrir seu rosto com tarjas pretas.

Somos uma empresa especializada em consultoria de gestão de risco na área da saúde, entrem em contato conosco.


Compartilhar esta postagem

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Back to Blog